TRANSPORTE

Operação Tapa-Buracos recebe R$ 10 milhões do fundo de multas

19/07/2017

Recursos extras de R$ 10 milhões, vindos do fundo de multas, serão direcionados para a Operação Tapa-Buracos em toda a cidade. A ação inicial será neste sábado (15) na Avenida Sapopemba, maior via da capital paulista, localizada na Zona Leste. Serão cerca de 40 toneladas de asfalto para serem usados na melhoria de toda extensão da avenida – em torno de 20 quilômetros. Dez equipes, com 12 homens em cada, realizarão o trabalho, que vai durar cerca de uma semana.

O cronograma das próximas vias a serem beneficiadas será definido de acordo com um estudo de necessidade técnica. Com o novo reforço vindo do fundo de multas, aumentará a capacidade de produção de massa asfáltica da cidade para cerca de 20 mil toneladas por mês, que é o seu limite.

"Reconhecemos que as vias da cidade estão longe do ideal. Essa, sem dúvida, é uma das prioridades para a nossa gestão", afirmou o vice-prefeito e secretário de Prefeituras Regionais, Bruno Covas.

Nos primeiros seis meses deste ano, 93.141 buracos foram tapados em toda a cidade. No último semestre de 2016, esse número foi de 89.516. Além disso, a quantidade de massa utilizada por buraco tapado aumentou em 18%. Com o aumento da fiscalização e otimização de serviços, a produtividade das equipes que realizam a Operação Tapa-Buraco também aumentou em 12%.

Asfalto Novo

Além da Operação Tapa-Buraco, a Prefeitura de São Paulo também já iniciou o Programa Asfalto Novo. A meta é recapear 680 mil metros quadrados de ruas e avenidas da capital, com o apoio da iniciativa privada e de concessionárias de serviços públicos. 

A partir deste segundo semestre, o projeto está sendo expandido com mais de R$ 210 milhões também vindos do Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito (FMDT). Os recursos do fundo serão usados para o recape pela primeira vez na história da cidade. 

Em novembro de 2016, uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) passou a prever, entre as possibilidades de destinação dos recursos arrecadados com multas, "pavimentação, recapeamento, tapa-buracos e recomposição de pista e acostamentos". 

O edital para a contratação das equipes que farão o trabalho de recapeamento está em última fase de análise pelo Tribunal de Contas do Município (TCM).

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar