TRANSPORTE

Arrecadação com multas cresce 13% no primeiro tri

17/05/2017

Arquivo/CadernoSP

A arrecadação com multas de trânsito no primeiro trimestre de 2017 somou pouco mais de R$ 355 milhões no município de São Paulo. O número é 13% maior do que o arrecadado no mesmo período de 2016, quando o município arrecadou quase R$ 301 milhões.

Essas são informações da edição 82 do Indicador Paulistano, relatório elaborado pela Consultoria Técnica de Economia e Orçamento (CTEO), da Câmara Municipal.  Os estudos ainda levam em consideração as variações reais de inflação que ocorreram nos períodos.

Porém, o número de multas aplicadas na Capital nos dois primeiros meses deste ano caiu 13,4% em relação ao mesmo período do ano passado, principalmente por causa das quedas das infrações identificadas pelos radares eletrônicos.

As multas aplicadas por funcionários da CET, por sua vez, aumentaram 17,7% nos dois primeiros meses de 2017.

Segundo dados do Painel Mobilidade Segura, da Prefeitura de São Paulo, este ano foram aplicadas 2,199 milhões de multas, contra 2,5 milhões em janeiro e fevereiro do ano passado, o que representa uma queda de 13,4%.

No fim do ano passado, desde o dia 1º de novembro, houve aumento de até 66% no valor das multas. Os valores não sofriam reajuste desde o ano 2000, quando o antigo indexador (Ufir) foi extinto. Em 2002, uma resolução fixou o valor atual em reais.

O relatório aponta que as receitas correntes arrecadadas (excluídas as deduções) pela Prefeitura até março de 2017 foram de R$ 12,978 bilhões, o que representa um aumento real de 0,8% em relação ao arrecadado no mesmo período de 2016.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar