TRANSPORTE

Rede municipal de trólebus recebe 27 novos veículos

23/01/2012

Foram entregues na manhã desta segunda-feira (23) mais 27 novos trólebus para o transporte público da cidade. No total, agora são 41 novos veículos elétricos que estão em operação e a meta da Prefeitura é entregar um total de 140 ônibus deste tipo até o fim do ano, o que corresponderá a 70% da frota atual de 190 unidades. "A entrega desses 27Fábio Arantes/Secom/Divulgação trólebus é mais um importante passo que a Prefeitura dá no sentido de empregarmos energia renovável, que não polui”, disse o prefeito Gilberto Kassab durante a solenidade de entrega dos veículos.

Além de não polui, os novos trólebus são mais silenciosos, obedecem as mais modernas normas de segurança veicular com faixas refletivas instaladas na parte externa, possuem corredores que permitem melhor circulação interna de passageiros, saídas de emergência mais práticas, contando com piso baixo e portas mais largas, melhorando o embarque e desembarque, principalmente para pessoas com dificuldades de locomoção. Na comparação com a mesma quantidade de veículos movidos a diesel, essa frota de 190 veículos representa que mensalmente deixaram de ser emitidos 3.078 quilos de CO, 228 quilos de HC, 3.534 quilos de NOx, 48 quilos de material particulado e 1.490.550 quilos de CO².
 
Trólebus na cidade - Na cidade de São Paulo circulam 190 trólebus, que percorrem 137 quilômetros de cabos, divididos em 11 linhas, a maioria na zona Leste da cidade, transportando 110 mil passageiros por dia. A idade média da frota é de 22 anos, mas parte dela passou por restauração, fazendo com que sua vida útil fosse aumentada.
 
Em 2009, foi iniciada a renovação da frota dos trólebus em São Paulo. No entanto, a maior dificuldade foi encontrar fabricantes que pudessem fornecer os veículos dentro das especificações exigidas pela SPTrans para operar na cidade. O problema foi solucionado em 2011, quando a substituição dos veículos antigos voltou a ser feita.
 
Outro passo importante para a constante melhora no sistema de trólebus de São Paulo é a modernização da rede aérea. Uma empresa foi contratada para modernizar a rede e fazer a manutenção corretiva e preventiva, com a troca de 162,5 km do total de 201,4 km da rede aérea. Com esta modernização o atendimento a ocorrências envolvendo a rede de trólebus deve ter seu tempo reduzido, melhorando as condições operacionais, a fluidez do sistema, além de oferecer um sistema mais seguro aos usuários.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar