ESPORTES

Tatuapé ganha primeiro quilômetro de ciclovia

05/08/2014

O prefeito Fernando Haddad inaugurou nesta segunda-feira (4) o primeiro quilômetro de ciclovia da região do Tatuapé, zona leste. As bicicletas ganharam 1,1 quilômetro de espaço reservado na avenida Vereador Abel Ferreira, entre as avenidas Salim Farah Maluf e Regente Feijó. A região deverá ter até o fim de 2014 mais 9,7 km de ciclovias, ligando pontos como o Shopping Anália Franco, o metrô Carrão, o parque da Mooca, a Universidade Cruzeiro do Sul e o Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador (Ceret).

Em 2014, a cidade já ganhou 11,6 quilômetros de ciclovias. A meta é ter ao fim de 2014 uma malha cicloviária de 200 quilômetros e chegar ao final de 2015 com 400 quilômetros. “Em um ano e meio nós vamos implantar 400 quilômetros de ciclovia, estamos no início do processo. Temos cerca de 60 a 70 semanas até o final do ano que vem. Toda semana nós vamos entregar um trecho e eles vão se interligando de maneira que em breve a cidade vai estar totalmente integrado do ponto de vista cicloviário”, afirmou Haddad.

Para a implantação da ciclovia, a velocidade da avenida Vereador Abel Ferreira foi reduzida de 60 km/h para 50 km/h. A ciclovia foi instalada ao longo do canteiro central, em ambos sentidos da via. Para garantir a segurança, há 3,5 mil m² de sinalização horizontal, com pintura da faixa na cor vermelha, e 60 placas de placas de trânsito.

Na região, estão em andamento mais 3,6 quilômetros de ciclovias e estão sendo projetados mais 6,1 quilômetros. O trecho inaugurado nesta segunda será expandido em 2 quilômetros pela avenida Monte Magno até a avenida Renata. Já está em andamento a conexão com o metrô Carrão, em 1,6 quilômetro da rua Apucarana. Este trecho terá interligação com a ciclovia Caminho Verde, que já existe ao longo da Radial Leste.  A interligação de 4,3 quilômetros com o parque da Mooca pelas ruas Taquari e Siqueira Bueno está em fase de projeto.

“No parque da Mooca, a partir da sugestão da subprefeitura, nós vamos estudar fazer a ciclovia dentro do parque. Atravessar o parque permite a conexão mais rápida com outras regiões inclusive com oportunidade de ir ao centro. Cada região está sendo analisada pela equipe técnica para buscar possibilidades e as melhores opções”, explicou o secretário Jilmar Tatto (Transportes).

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar