ESPORTES

Prefeitura anuncia a realização, pela segunda vez, do Grand Slam de Xadrez

19/09/2012

A cidade de São Paulo sediará pela segunda vez o Grand Slam de Xadrez, torneio internacional que reúne os melhores enxadristas do mundo. O Parque do Ibirapuera será palco da primeira etapa do torneio, de 24 a 29 de setembro; já a segunda fase ocorrerá em Bilbao, na Espanha, de 8 a 13 de outubro. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (19) pelo prefeito, Gilberto Kassab junto com representantes da SPTuris e da Secretaria Municipal de Educação. O evento contará com a participação de alunos da rede municipal de ensino.

Entre os grandes enxadristas do ranking mundial, passarão por São Paulo o norueguês Magnus Carlsen, 21 anos, número um do ranking da FIDE (Federação Internacional de Xadrez), o indiano Viswanathan Anand, 42, atual campeão mundial, e o espanhol Francisco Vallejo Pons, 30, que é o 51º do ranking.
 
De acordo com as regras do campeonato, todos os jogadores se enfrentam duas vezes, uma em cada cidade-sede. Um total de 15 partidas, sendo três por dia, serão realizadas em cada país. Elas serão iniciadas no mesmo horário e terão duração de até quatro horas. Todas as partidas serão realizadas dentro de uma sala de vidro com isolamento acústico. Do lado de fora, o público contará com a narração do Grande Mestre Gilberto Milos e da campeã mundial Susan Polgar. As partidas também serão transmitidas em tempo real pela internet.

A realização da primeira fase do torneio em terras paulistanas é resultado de parceria internacional firmada entre as Prefeituras de Bilbao, na Espanha, e de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo – SP Turis. Participaram da cerimônia nesta manhã membros da organização do campeonato e também de Antoni Madariaga, representante da Prefeitura de Bilbao.

Cerca de 1.300 alunos participarão de atividades lado a lado dos seis melhores enxadristas do mundo: atual campeão mundial Vishy Anand, da Índia; além de Magnus Carlsen, da Noruega; Lévon Aronian, da Armênia; Sergey Karjakin, da Ucrânia; Fabiano Caruana, dos Estados Unidos; e Vallejo Pons, da Espanha.
 
A Secretaria Municipal de Educação de São Paulo organizou o próprio Grand Slam de Xadrez, em sua 1ª edição, para os estudantes paulistanos. No sábado (22), o CEU Jaguaré sedia a semifinal do campeonato, quando serão escolhidos seis finalistas. No dia 27, esses jovens entram no aquário montado no Parque do Ibirapuera e, nos mesmos tabuleiros em que os grandes mestres disputam o torneio mundial, os alunos paulistanos encerram o seu campeonato. Além da semifinal do Grand Slam das escolas municipais, a Secretaria de Educação organizou partidas simultâneas entre 120 alunos e outros 12 enxadristas profissionais.
 
A prática do xadrez foi iniciada nas escolas paulistanas em 1994 por conta de pequenos projetos desenvolvidos por alguns professores. Em 2009, a Secretaria Municipal de Educação articulou esses trabalhos criando o programa Xadrez Movimento Educativo. A mudança garantiu a unificação da forma de ensinar xadrez nas escolas porque foi criada uma parceria com a equipe pedagógica da Secretaria, o que possibilitou estruturar melhor o trabalho já feito na ponta. Hoje, a rede é formada por mais de 53,5 mil alunos enxadristas que participam de campeonatos escolares, municipais, estaduais e brasileiros.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar