EDUCAÇÃO

Prefeitura quer construir creches em parceria com a iniciativa privada

10/03/2015

O prefeito Fernando Haddad, a vice-prefeita Nádia Campeão, o diretor-presidente da São Paulo Negócios, Wilson Poit e secretários municipais reuniram-se na manhã desta terça-feira (10) com mais de 170 empresários de diversos setores da economia, para a apresentação do projeto Meu Lugar, que tem como intuito a ampliação de vagas em creches por toda a capital paulista, a partir de parcerias realizadas com o setor privado. A primeira unidade resultado desta parceria deve ser inaugurada nos próximos meses, em um supermercado da rede Carrefour na Avenida Giovanni Gronchi, na zona sul da capital.

"Quando nós, mesmo tendo os recursos - e aqui há parcerias com o Governo Federal, com o Governo Estadual -, vamos desapropriar um terreno, licitar e construir, a gente já deixou uma parcela das crianças não sendo cuidadas. Quando vem uma empresa e tem condições de imediatamente assinar essa parceria com a gente e começar esse projeto, aquela criança já começa a ser cuidada. Os nossos prazos são muito lentos", pontuou o secretário municipal de Educação, Gabriel Chalita.

As creches implementadas a partir do projeto Meu Lugar serão públicas, e não voltadas para os filhos de funcionários. A construção das unidades deverá ainda atender às demandas de cada região. Os bairros Jardim Ângela, Grajaú, Capão Redondo e Cidade Ademar, todos na zona sul, são os que têm maiores déficits de vagas em creche. Juntos, eles têm mais de 23 mil crianças de 0 a 3 anos não atendidas. 

Além da doação de terrenos e edifícios, por regime do comodato ou não, os empresários podem fazer doações por meio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumcad), auxiliar com a ampliação dos convênios firmados com instituições sem fins lucrativos, investir na otimização dos espaços que a Secretaria Municipal de Educação já possui ou ainda oferecer empreendimentos para a implementação de novas creches por meio de locações.

Durante o evento, o prefeito destacou que todo o investimento que for feito pela iniciativa privada não substituirá em nada os investimentos que já estão programados pelo Executivo. 

A Rede Municipal de Educação atende hoje, quase meio milhão de alunos, 50% do total de crianças paulistanas de 0 a 5 anos. Desde 2013, foram criadas 41.233 vagas na Educação Infantil, das quais 10.870 em Escolas Municipais de Educação Infantil (pré-escola), e 30.363 em Centros de Educação Infantil (creches). Das 243 creches previstas pela administração municipal no Programa de Metas, 31 já foram concluídas, 32 estão em andamento, 122 já foram licitadas e outras 58 serão licitadas ainda neste ano. Aguardam vaga em creche 99.395 crianças (0 a 3 anos).

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar