EDUCAÇÃO

Cai o número de crianças atendidas em creches de SP, diz jornal

30/04/2013

Du Amorim

Apesar da promessa feita pelo prefeito Fernando Haddad na campanha eleitoral, de criar 150 mil vagas em creches e tratar o assunto como uma das prioridades de sua gestão, o número de crianças matriculadas em creches da capital caiu desde dezembro do ano passado. Foi o que revelou reportagem divulgada nesta terça-feira (30/4) pelo jornal Agora, com base em dados da Secretaria Municipal da Educação.

De acordo com a reportagem, havia 214.094 crianças matriculadas em creche no final de dezembro de 2012. Hoje, são 208.901, ou seja, 5.193 crianças a menos. “Em média, 43 crianças de até três anos deixaram de ser atendidas por dia, no período”, diz a matéria.

Em resposta ao jornal, a Secretaria Municipal da Educação afirmou que em janeiro deste ano havia 182.425 crianças matriculadas, número bem menor do que número de dezembro. Mas informou que a meta é abrir 150 mil vagas em creches em quatro anos. Para isso, está fazendo um levantamento para encontrar terrenos que possam receber essas novas unidades.

"Essa queda ocorreu por causa de alterações regionais da demanda e também pela mudança na faixa etária das crianças atendidas, como explica a Secretaria Municipal de Educação. Quando uma creche passa a atender mais crianças de berçário do que alunos mais velhos, a capacidade cai", diz outra reportagem sobre o assunto publicada pelo jornal O Estado de S.Paulo.

Dados da SME também informam que a fila de espera por uma vaga é de 93.814 crianças, segundo dados relativos a dezembro de 2012.

O Estadão também citou que integrantes da gestão do ex-prefeito Gilberto Kassab (PSD) atribuíram a queda a um problema da atual administração na gestão das vagas. "Segundo a equipe de Kassab, antes havia uma checagem semanal sobre essas questões", diz o texto.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar