AUTORES

Artigo escrito por Marli Gonçalves

Jornalista, Marli Gonçalves é diretora da Brickmann&Associados Comunicação, B&A. Especialista em gerenciamento de crises. Foi gerente de imprensa da multinacional AAB, Hill and Knowlton do Brasil (Grupo Standart. Ogilvy & Mather). Trabalhou no Jornal da Tarde, na Rádio Eldorado, em Veja SP e outras publicações. Desde 2010 mantém o blog Marli Gonçalves – http://marligo.wordpress.com. Seus artigos também são publicados em www.chumbogordo.com.br No Twitter - @MarliGo No Facebook - http://www.

Terrorismo é isso 14/08/2017 Estou querendo esticar a palavra. Dar a ela o sentido que está aqui perto de nós, já. No Brasil não tem terremoto, não tem furacão, mas não se pode mais dizer que no Brasil não tem terrorismo. Deus, ele está diante de nós!

As datas de nossas vidas 07/08/2017 Você bem sabe: cada um de nós tem a sua data particular para as coisas que importam, em nosso próprio e surpreendente calendário, nossa folhinha.

Eu vejo 24/07/2017 Eu vejo, mas tem coisas que não queria estar vendo. Vejo o que todo mundo pode ver, mas talvez eu seja mais atenta com essa minha mania de reportar, de reparar. Eu vejo o futuro repetir o passado.

Medo, muito medo. 19/07/2017 Medo, quatro letras que trazem sofrimento e insegurança. Medo que faz a gente vacilar, temer – eu disse, presta atenção, temer, de eu temo, tu temes, ele teme, nós tememos...

Semanas de rock, bebê! 10/07/2017 Todo dia era Dia de Índio. Agora todo dia é dia de rock, de ser chacoalhado, de assistir aos embates escalafobéticos entre aqueles que acham isso e os outros que acham aquilo. Aumenta o som, que aí vem doideira pesada.

Ilação, substantivo feminino. 03/07/2017 Mais da metade da população, as mulheres, está bem certa do que acha de tudo isso que ocorre sob nossas vistas. E, cá entre nós, combina. Mulher gosta de fazer ilações, somos boas nisso, admita

O que você espera da segunda metade? 25/06/2017 Já passaram-se os primeiros seis meses de 2017, acredita? Eu tinha depositado tantas esperanças de que as coisas iam melhorar, que iríamos tirar o pé da lama... Mas vamos tentar de novo para os próximos seis meses?

Sexo com todas as letras 19/06/2017 É um mundo todo colorido, com linguagem própria e vozes às vezes fanhosas que podemos reconhecer rapidamente. É um mundo que sempre existiu, mas estava escondido, e agora quer se mostrar com todas as suas letras, dúvidas, anseios.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar