AMBIENTE

Nível de água do Sistema Cantareira volta a subir e atinge 10,4%

22/02/2015

O nível do Sistema Cantareira, principal manancial de abastecimento de água da região metropolitana de São Paulo, voltou a subir, passando de 10,2%, ontem, para 10,4%, hoje (22), próximo ao índice que o sistema marcava (10,7%) quando passou a utilizar a segunda cota do volume morto. Apesar de o nível estar crescendo desde o dia 5 de fevereiro, ainda é considerado crítico.

Também aumentaram os níveis dos sistemas Alto Tietê, que passou de 18% para 18,2%, e Rio Claro,  de 35,2% para 35,3%. O nível do sistema Rio Grande caiu de 83,9% para 83,6%. Nos demais sistemas que abastecem a região metropolitana de São Paulo, o nível não se alterou em relação a ontem: o Guarapiranga manteve 57,5% de sua capacidade e o Alto Cotia, 36,6%.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências, da Prefeitura de São Paulo, os próximos dias devem apresentar condições típicas de verão, ou seja, sol e calor com pancadas de chuva no final das tardes.

A segunda-feira (23) deve ser mais um dia de sol e calor na Capital paulista. Os termômetros devem variar entre mínimas de 20ºC e máximas que podem chegar aos 33ºC. A umidade relativa do ar pode atingir valores próximos aos 35% nas horas mais quentes do dia. No final da tarde podem ocorrer chuvas de verão, associadas principalmente ao calor e a chegada da brisa marítima.

O tempo não muda muito na terça-feira (24) que segue com sol e temperaturas em elevadas. As mínimas oscilam em torno dos 20ºC, enquanto que as máximas devem superar os 30ºC. Entre o final da tarde e o início da noite a propagação de áreas de instabilidade provoca chuvas na forma de pancadas mais significativas com trovoadas, rajadas de vento e potencial para formação de alagamentos.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER!
NOME: EMAIL:
Enviar